Por que os vitorianos gostavam tanto de histórias de fantasmas?

Por que os vitorianos gostavam tanto de histórias de fantasmas? Você já parou pra pensar sobre isso?

Na Inglaterra, a véspera de natal era tradicionalmente a hora de contar histórias assustadoras ao redor da lareira, e os escritores britânicos do século 19 exploraram muito bem este costume na literatura do período do reinado da rainha Victoria, que começou em 1837 e terminou em 1901.

Mas por qual razão essas histórias se popularizaram tanto nessa época?

A professora de literatura inglesa da Universidade de Leeds Ruth Robbins explica que, antes, a narração de histórias de fantasmas era apenas um hábito cultural dos ingleses, mas, devido ao desenvolvimento da prensa móvel, as editoras precisaram de uma grande quantidade de conteúdo para publicar, e as histórias de fantasmas se encaixavam muito bem na conta: geralmente eram curtas, podiam ser contadas com facilidade e tinham ampla aceitação popular, devido ao já estabelecido hábito cultural do povo.


E você, gosta de histórias de fantasmas também? Tem algum conto famoso que você já procurou em português e não conseguiu achar? Fala pra gente nos comentários!

Deixe um comentário

Os comentários precisam ser aprovados antes de serem publicados